A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Manifestações de sinal contrário em Paris

Manifestações de sinal contrário em Paris
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cidadãos turcos e franceses de origem turca manifestaram-se, este sábado, contra o projeto de lei que pretende penalizar o negacionismo, do genocídeo arménio de 1915.

O assunto está a azedar as relações entre Ankara e Paris.

A França quer sancionar todas as teses que neguem o genocídeo, enquanto Ankara insiste que se trata de um erro histórico.

Esta tarde, em Paris, reclamoui-se mais rigor, na investigação histórica:

“São os historiadores que devem fazer investigações, nos dois países. Não apenas num único país. A deputada que apresentou este projeto de lei foi à Arménia. Muito bem. Mas porque não foi também a Ancara, ver os arquivos turcos?” – disse um dos organizadores do protesto.

A dois dias da votação final do projeto, o ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia voltou a ameaçar Paris, com sanções, se a lei for aprovada.

Este sábado, também os arménios residentes em França publicaram uma carta aberta na imprensa francesa, em apoio da iniciativa legislativa.