A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Os custos da crise diplomática franco turca

Os custos da crise diplomática franco turca
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ameaçadas pela crise diplomática estão as relações económicas entre a França e a Turquia. As trocas comerciais entre os dois países ascenderam a 12 mil milhões de euros em 2011. A Turquia é o terceiro mercado para as exportações gaulesas e Paris foi, no ano passado, o terceiro maior investidor no país.

Para Inane Gurbuz, vice-presidente da Câmara de Comércio franco turca, “a Turquia assinou a união aduaneira com a Europa, em 1996, por isso será difícil para Ancara acabar com as relações económicas. As PME’s francesas poderão continuar a importar e exportar para a Turquia, como até agora, mas, no caso dos concursos públicos, vão ser penalizadas. As empresas francesas poderão ser excluídas.”

Tal já aconteceu em 2006.

O mercado turco, com um crescimento superior a 8% no ano passado, atrai centenas de empresas gaulesas. Algumas como EDF estão na corrida a importantes contratos enquanto outras, como Renault, prosseguem planos de expansão.