Última hora

Missão de observadores reconhece aumento da violência na Síria

Missão de observadores reconhece aumento da violência na Síria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Síria assiste nos últimos dias a um recrudescimento da violência, em vários pontos do país.

Desde quarta-feira, a repressão promovida pelo regime de Bashar al-Assad fez mais de 120 mortos, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. A UNICEF sublinhou que, nos dez meses de revolta, 384 crianças sírias perderam a vida.

Como a cada sexta-feira desde Março, os militantes pró-democracia apelaram à população para se manifestar em massa contra o regime.

A contestada missão de observadores da Liga Árabe reconheceu o aumento da violência nos últimos três dias.

No plano diplomático, o Conselho de Segurança da ONU deveria debater hoje a situação na Síria, mas a Rússia já anunciou que não apoiará qualquer resolução que exija o afastamento de al-Assad.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.