Última hora

Suspensas buscas na parte submersa do Costa Concordia‎

Suspensas buscas na parte submersa do Costa Concordia‎
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As busca dos corpos dos desaparecidos do naufrágio do Costa Concordia na parte submersa do navio estão dadas como terminada.
 
A instabilidade do barco constitui uma ameaça que a segurança dos mergulhadores.
 
Segundo a defesa civil, que informou a decisão às famílias e embaixadas envolvidas, não há mais condições de segurança para operar na parte submersa do cruzeiro.
 
O cruzeiro Costa Concordia naufragou na sexta-feira, dia 13 de janeiro, após colidir em uma rocha nas proximidades da ilha de Giglio, na costa italiana da Toscana.
Mais de 4,2 mil pessoas estavam a bordo.
 
A população mostra-se desiludia com a morosidade das operações e receia mais do que nunca uma vaga de poluição que afectará gravemente a economia local.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.