Última hora
This content is not available in your region

Líbano, local de refúgio para sírios

Líbano, local de refúgio para sírios
Tamanho do texto Aa Aa

Para muitos dos feridos dos confrontos na Síria, a cidade de Tripoli, no Líbano, é o local de refúgio mais próximo.

A cidade síria de Homs, devastada pela guerra, está a apenas 30 quilómetros, por isso, continuamente, chegam feridos aos hospitais da região. Com relatos sobre o que deixam para trás:

“Ambulâncias e carros com produtos médicos, assim que são descobertos, são bombardeados. Um médico, se usar a bata branca, é o primeiro a ser abatido.”

O pessoal do hospital libanês pediu que o exterior das instalações não fosse filmado, para não ser identificado.

Por medo de retaliações sobre os familiares na Síria, nenhum dos feridos quis ser filmado. Mas deixam um apelo:“Pedimos à comunidade internacional, para estabelecer uma zona tampão ou uma zona de exclusão aérea.”

Mais de 5 mil pessoas já morreram nos protestos sírios contra Assad desde que a revolta começou em março. E largas centenas de mutilados farão parte do legado de um pais que reclama por uma mudança.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.