Última hora
This content is not available in your region

Revolução Francesa no arranque do Festival de Cinema de Berlim

Revolução Francesa no arranque do Festival de Cinema de Berlim
Tamanho do texto Aa Aa

O melhor do espírito de Hollywood rumou à capital alemã para a 62.ª edição do Festival de Cinema de Berlim.

O filme de abertura “Les adieux à la Reine”, do francês Benoît Jacquot e com a atriz Diana Kruger viaja até aos dias da Revolução Francesa com a visão dos servos de Versalhes.

Meryl Streep, a atriz de que se fala, pelo desempenho em “A Dama de Ferro”, será homenageada pela sua carreira.

Portugal está de olhos postos em Miguel Gomes, que assina “Tabú”. É a primeira vez, desde 1999, que um filme português está na competição oficial de longas-metragens.