A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Frio na Europa oriental já matou mais de 650 pessoas

Frio na Europa oriental já matou mais de 650 pessoas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de frio que atinge os países da Europa oriental já provocou mais de 650 mortes.

Na Roménia, segundo o ministério do Interior, 225 localidades continuavam isoladas pela neve e 156 estradas entre regiões estavam bloqueadas.
Cerca de 4.200 lares em quatro departamentos estavam privados de eletricidade.

“Havia neve por todo o lado. Desde o topo daquela macieira até ali. Tirámo-la com pás e fizemos mais um monte no pátio das traseiras. Pensámos que as coisas iam ficar por ali, mas voltou a nevar.
Nevou toda a noite e ficou tudo coberto outra vez com mais um metro de neve”, disse um aldeão.

Na República Checa, durante uma violenta tempestade de neve, registaram-se dois acidentes graves em duas movimentadas autoestradas que envolveram mais de uma centena de veículos e fizeram 9 feridos.

Na Polónia, embarcações que navegavam no rio Oder e no rio Vístula ficaram presas no gelo o que levou à intervenção de navios quebra-gelo.

Na região da Silésia a neve bloqueou mais de 80 estradas.