A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

General Motores quer livrar-se da Opel

General Motores quer livrar-se da Opel
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A General Motors registou, no último trimestre do ano passado os melhores resultados, nos seus 103 anos de história,superando todas as previsões.

No compto de 2011, a GM ganhou quase 10 mil milhões dólares, resultados apurados antes de impostos.

Estes valores permitiram uma remuneração acionista da ordem dos 725 milhões de dólares.

Na Europa, os resultados não foram tão positivos. A companhia reconhece que tem de adaptar as suas estruturas de produção, às condições europeias e à retração do próprio mercado.

A sua filial europeia, a Opel, registou quebras nos resultados operacionais.

As perdas de 2011 foram avaliadas em 747 milhões de dólares.

Em 2009 a empresa tentou vender as suas fábricas alemãs e britânicas da Opel e da Vauxhall, advinhando já a retração do mercado europeu.