Última hora
This content is not available in your region

Grécia espera ultrapassar desconfiança do Eurogrupo

Grécia espera ultrapassar desconfiança do Eurogrupo
Tamanho do texto Aa Aa

Num ambiente de mais contestação nas ruas de Atenas, o primeiro-ministro grego reuniu-se esta quinta-feira com os membros do governo de coligação para preparar a reunião do Eurogrupo que se realiza segunda-feira em Bruxelas.

“É injusto. É um erro terminar com a ajuda social na Grécia, porque isso acabará por ser aplicado em toda a União Europeia”, disse um dos manifestantes.

Na segunda-feira, a Grécia espera conseguir «luz verde» para o segundo resgate, de 130 mil milhões de euros, em troca da aplicação das medidas de austeridade que foram aprovadas no domingo no parlamento.

Contudo, alguns parceiros europeus duvidam que o resultado das eleições gerais, antecipadas para abril, possa vir a alterar a intenção dos gregos sobre a aplicação das medidas de austeridade impostas pela troika.

O popular chefe de Estado grego, Caroulos Papoulias, de 83 anos, que na juventude foi membro ativo da resistência contra a ocupação nazi, durante a Segunda Guerra Mundial, disse que já não aguenta as críticas do ministro das Finanças da Alemanha ou dos dirigentes holandeses e finlandeses sobre a Grécia.