A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sindicatos paralisam parcialmente aeroporto de Frankfurt

Sindicatos paralisam parcialmente aeroporto de Frankfurt
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma greve do pessoal de terra, paralisa parcialmente, desde esta quinta-feira, o terceiro aeroporto europeu, em Frankfurt.

Pelo menos uma centena e meia de voos foram cancelados.

Os sindicatos, que reclamam aumentos salariais, entre 4 a 5%, anunciaram já que vão prosseguir a greve na sexta-feira.

A direção do aeroporto rejeita negociar com os grevistas, tendo recorrido aos tribunais para travar o protesto.

Uma passageira afirma que compreende as exigências dos sindicatos, “mas preferia ter sido avisada mais cedo para poder encontrar uma alternativa em vez de ficar aqui à espera de uma solução”.

A direção do aeroporto e a companhia Lufthansa acusam os sindicatos de levarem a cabo uma greve “irresponsável”.

Centenas de passageiros foram desviados para o aeroporto de Frankfurt Han, ou para os transportes ferroviários, como alternativa.

Os cerca de duzentos membros do pessoal de terra exigem melhores condições laborais, nomeadamente a redução do horário de trabalho e contratos renegociáveis a cada quatro anos, contra os atuais seis anos.