A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Justiça proíbe greve dos controladores de tráfego aéreo de Frankfurt

Justiça proíbe greve dos controladores de tráfego aéreo de Frankfurt
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A justiça alemã proibiu os controladores de tráfego aéreo do aeroporto de Frankfurt de levarem a cabo uma greve esta quarta-feira. Os sindicalistas pretendiam solidarizar-se com os trabalhadores de placa que estão em greve há vários dias por razões salariais. O aeroporto de Frankfurt é o terceiro da Europa, a seguir a Londres-Heathrow e a Paris-Charles de Gaulle. A infraestrutura alemã assegura 1300 voos quotidianos, mais de metade operados pela Lufthansa. A greve iniciada a 16 de fevereiro pelas duas centenas de trabalhadores de placa afetou pouco o tráfego aéreo, mas se a paralisação dos controladores fosse avante o impacto seria mundial.