Última hora
This content is not available in your region

Banho de multidão para Aung San Suu Kyi em Mandalay

Banho de multidão para Aung San Suu Kyi em Mandalay
Tamanho do texto Aa Aa

A líder da oposição da Birmânia, Aung San Suu Kyi, foi aclamada por dezenas de milhares de pessoas em Mandalay.

O comício na segunda cidade do país reuniu a maior multidão desde o início da campanha da Liga Nacional para a Democracia com vista às legislativas parciais de Abril.

Estas eleições e, nomeadamente, a candidatura da “Dama” de Rangun – que viveu 15 dos passados 22 anos em prisão domiciliária – são um sinal da abertura e reformas operadas pelo poder militar nos últimos meses.

Aung San Suu Kyi frisou em Mandalay que “é difícil obter a democracia e, uma vez obtida, é difícil de conservar. Há muito trabalho por fazer e é preciso avançar lentamente”.

Apesar de não ameaçarem o novo poder civil controlado pelos antigos militares, as eleições servem para testar o compromisso da Birmânia com as reformas e são seguidas de perto pela União Europeia e pelos Estados Unidos.