Última hora

Cerca de 200 mortos na República do Congo

Cerca de 200 mortos na República do Congo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de duas centenas de mortos e 1500 feridos. É o resultado de uma série de explosões num depósito de munições do exército na capital da República do Congo.

Segundo fontes militares, as explosões foram provocadas por um incêndio no depósito, situado a norte de Brazzaville.

O impacto foi sentido em Kinshasa, na vizinha República Democrática do Congo, que fica do outro lado de um rio.

O elevado número de vítimas está ligado ao desmoronamento de edifícios.

Um susto, para muitos, difícil de esquecer:

“Eu estava em casa e de repente ouvi uma explosão no campo militar. As pessoas começaram a fugir, as casas e os muros a desabar. Sai para a rua com o meu tio e parte de uma parede acabou por cair na minha cabeça” afirma um homem.

Entre os feridos estão centenas de operários chineses. Muitos habitantes apressaram-se a abandonar a zona norte da cidade, indiferentes aos apelos à calma lançados pelo governo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.