Última hora
This content is not available in your region

AIEA acusa Irão de triplicar enriquecimento de urânio

AIEA acusa Irão de triplicar enriquecimento de urânio
Tamanho do texto Aa Aa

A Agência Internacional de Energia Atómica acusa o Irão de estar a triplicar a produção mensal de urânio enriquecido.

Yukiya Amano, diretor-geral da agência da ONU, garante estar “seriamente preocupado” com uma eventual “dimensão militar das atividades atómicas de Teerão” – algo que o Irão continua a negar veementemente.

Amano, que discursou durante a abertura do conselho dos governadores da AIEA, lamenta, contudo, a falta de cooperação do governo iraniano, após duas rondas negociais já este ano.

O diretor-geral da agência procura o apoio dos 35 países membros – que se reúnem, em Viena, até à próxima sexta-feira – para fazer avançar o dossiê.

Há oito anos que A Agência Internacional de Energia Atómica tenta averiguar se sim ou não, o governo iraniano tenta fabricar armas atómicas. Mas este continua a negar o acesso dos responsáveis da agência às centrais nucleares do país.