Última hora

Síria: Turquia exige abertura de corredores humanitários

Síria: Turquia exige abertura de corredores humanitários
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Apesar da Cruz Vermelha continuar a ver impedido o acesso a Homs, o regime sírio mostrou imagens descritas como de residentes de regresso à cidade. Segundo a televisão estatal, começaram os trabalhos de limpeza do ex-bastião rebelde, bombardeado durante semanas pelo Exército.

No plano diplomático, o primeiro-ministro turco exigiu “a abertura de corredores humanitários para a Síria e um reforço da pressão sobre o governo sírio com o objetivo de fazer chegar assistência ao povo, sobretudo em Homs”. Recep Tayyip Erdogan sublinhou que “a decisão da Liga Árabe acerca da Síria deve ser implementada sem perder mais tempo”.

A França exigiu um acesso ilimitado à responsável das operações humanitárias da ONU, que chega esta quarta-feira a Damasco. Os Estados Unidos sublinharam que continuam a privilegiar a via diplomática para por fim à violência na Síria.

As operações militares das forças do regime de Bashar al-Assad parecem concentrar-se agora na província de Deraa, berço da contestação no Sul do país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.