Última hora

Ajuda humanitária a Homs ainda não é já

Ajuda humanitária a Homs ainda não é já
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Damasco quer tempo antes de autorizar corredores de ajuda humanitária em Homs. A responsável da ONU, Valerie Amos, exigiu acesso livre para socorrer e apoair as vítimas dos confrontos mas regime do presidente Bashar al-Assad diz que precisa de tempo.

«O governo sírio pediu mais tempo para avaliar o acordo que lhes apresentei a eles. É realmente muito importante, na minha visão, que tenhamos acesso livre».

O número de refugiados sírios que vão para a Turquia aumentou nos últimos dias.

Cerca de 12 mil pessoas estão registadas em campos montados na província de Hatay, a sul da Turquia. A ONU estima que mais de 7.500 civis já morreram vítimas da repressão militar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.