Última hora

Milhares de espanhóis contra a reforma laboral

Milhares de espanhóis contra a reforma laboral
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A reforma laboral aprovada por decreto pelo governo de Mariano Rajoy deixou os espanhóis em estado de choque.

Este domingo, centenas de milhar sairam às ruas em 60 cidades do país para protestar contra as novas regras no mundo do trabalho.

O objetivo é flexibilizar o mercado com cortes nas indemnizações de despedimento e estímulo ao emprego dos jovens, mas muitos não acreditam na eficácia destas medidas.

“Protestamos porque é um corte nos direitos que nos custaram tantos anos a alcançar e agora tiram-nos tudo. Para além disso é uma reforma que não vai criar emprego e, por isso, não se justifica”, afirma uma cidadã.

Para os sindicatos, a reforma visa sobretudo facilitar os despedimentos e garantem que o desemprego, que está nos 23%, vai aumentar.

Antes de a proposta ser votada no parlamento está prevista uma greve geral em Espanha.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.