Última hora
This content is not available in your region

Alegado bombista executado na Bielorrússia

Alegado bombista executado na Bielorrússia
Tamanho do texto Aa Aa

Um dos alegados autores do atentado bombista no metro de Minsk, Vladislav Kovalyov, foi executado com um tiro.

As autoridades bielorrussas anunciaram a execução à família. O outro homem acusado pelos atentados, Dmitry Konovalov, foi também condenado à morte, mas ainda não foi executado.

A Bielorrússia é o único país da Europa onde ainda há pena de morte, o que causa uma onda de contestação em todo o continente.

Os dois jovens sempre defenderam a inocência em relação aos atentados que mataram 15 pessoas em abril do ano passado.

A mãe de Kovalyov fez uma campanha pelo filho que a levou ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem e ao Parlamento Europeu em Estrasburgo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.