Última hora
This content is not available in your region

Explosões matam civis em Damasco

Explosões matam civis em Damasco
Tamanho do texto Aa Aa

 
A capital da Síria, Damasco, foi abalada por explosões esta manhã.
 
Duas bombas, alegadamente carros armadilhados, explodiram num posto da polícia e num edifício dos serviços secretos. Foram ataques das forças rebeldes que, segundo a televisão estatal síria, fizeram pelo menos 27 mortos e 97 feridos, incluindo várias vítimas civis.
 
Estas duas explosões acontecem poucos dias depois do primeiro aniversário do início da revolta conta o regime de Bashar el-Assad.
 
O enviado da Liga Árabe e da ONU, Kofi Annan, já pediu à comunidade internacional que deixe de parte as divisões que possa ter a respeito da Síria.
  
Uma eventual intervenção das Nações Unidas continua bloqueada pelos vetos da Rússia e da China.
 
A possibilidade de uma intervenção estrangeira começa a tomar corpo com o anúncio da Turquia de que pretende criar uma zona desmilitarizada na fronteira com a Síria, para proteger os refugiados.
 
 

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.