Última hora
This content is not available in your region

Preso antigo chefe da "secreta" líbia

Preso antigo chefe da "secreta" líbia
Tamanho do texto Aa Aa

Foi preso um dos homens mais procurados do regime de Kadhafi. Abdullah al-Senussi era chefe dos serviços secretos líbios e foi detido este sábado no aeroporto de Nouakchott, na Mauritânia.

Durante décadas, o nome de Senussi inspirou medo nos líbios. Era procurado pelo Tribunal Penal Internacional e há vários meses que não se sabia o paradeiro dele.

Na Líbia, a população mostra-se contente pela prisão daquele que era o braço direito e cunhado do antigo ditador.

Ainda não se sabe se Senussi será julgado na Líbia, em Haia, sede do TPI, ou em França, que o condenou à revelia por um atentado, em 1989, contra um avião da operadora UTA.

O ataque à bomba contra o avião que fazia a ligação Brazzaville-Paris matou, na altura, 170 pessoas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.