A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Festas do Ano Novo curdo terminam em confrontos

Festas do Ano Novo curdo terminam em confrontos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As celebrações do Ano Novo curdo, na Turquia, já começaram a causar incidentes. O Ano Novo dos curdos festeja-se na quarta-feira, dia 21.

Em Diyarbakir, principal cidade do sudeste da Turquia, uma marcha para celebrar esta festa acabou em confrontos com a polícia.

Os incêndios de autocarros e pneus misturaram-se com as ruas decoradas para a festa. A polícia tentou impedir qualquer manifestação de defesa do partido pró-curdo PKK associada a esta festa.

Houve distúrbios também em Istambul, quando a polícia impediu a reunião de dois grupos de 1000 pessoas cada.

Estes festejos costumam ser pretexto para confrontos entre a polícia e os apoiantes do PKK, que iniciou há 28 anos uma luta armada pelo estabelecimento de um Estado curdo.

A fotografia do fundador do PKK, Abdullah Oçalan, está omnipresente nestas manifestações.