Última hora
This content is not available in your region

Família das vítimas de Toulouse encontra consolo na religião

Família das vítimas de Toulouse encontra consolo na religião
Tamanho do texto Aa Aa

Jonathan Sandler e os filhos Arieh e Gabriel foram três das vítimas do tiroteio de Toulouse. Sandler deixa uma filha de quatro anos e a mulher.

O professor de religião nasceu em Paris há trinta anos. Passou parte da vida em França, outra parte em Israel, onde tios e primos receberam a notícia de mais uma tragédia.

A tia já tinha perdido uma filha num atentado em Jerusalém. Agora, perdeu mais três familiares. “Ele queria dar aos outros aquilo que tinha recebido e ele era modesto e feliz com a mulher e com os filhos”, afirmou Léa Marcu.

Os familiares do rabino recorrem à religião para recuperar do choque e da dor.

“Quando fui informado, foi muito difícil… É muito difícil para mim, mas cada judeu deve saber que há coisas que não conseguimos entender e que isto foi uma sentença que veio de cima e que apenas algo bom, a vontade de Deus, vai resultar disso”, disse o primo Netanel Haviv.

“Quando vemos que, de repente, alguém é morto, sobretudo com duas crianças que não fizeram nada, podemos ver uma mensagem de cima, de que ele foi enviado numa missão especial e cumpriu-a”, sublinha o amigo Yehuda Afriyat.

Os jornais israelitas puxaram à primeira página o ataque de Toulouse, que provocou a morte de quatro pessoas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.