Última hora

Oposição francesa unida na condenação do massacre de Tolouse

Oposição francesa unida na condenação do massacre de Tolouse
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vinte e quatro horas depois do massacre de Tolouse, os líderes da oposição francesa mostram-se unidos na condenação do atentado.

O secretário do Partido Socialista e candidato presidencial François Hollande reagiu aos crimes de declarando que a luta contra o terrorismo deve continuar.

“ Este combate é o combate de toda a república, para além de tudo, e para além daquilo que pode separar-nos em certos momentos. Estamos unidos em torno desta mesma causa, não podemos deixar um de nós ficar exposto à vontade dos terroristas. Temos de continuar o combate sem tréguas, é o nosso e o da republica”.

Entrevistada esta manhã pela Euronews, a presidente de Frente Nacional, Marine Le Pen, não tem dúvidas que este acto irá ter um impacto positivo na sociedade francesa.

“Vai ter um impacto positivo sobre a união nacional dos franceses muçulmanos, cristãos, judeus, para lutar contra o fundamentalismo, para lutar contras essas reinvindicações politico-religiosas de um islão radical que nunca deviamos ter deixado instalar no nosso território.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.