Última hora
This content is not available in your region

Oposição francesa unida na condenação do massacre de Tolouse

Oposição francesa unida na condenação do massacre de Tolouse
Tamanho do texto Aa Aa

Vinte e quatro horas depois do massacre de Tolouse, os líderes da oposição francesa mostram-se unidos na condenação do atentado.

O secretário do Partido Socialista e candidato presidencial François Hollande reagiu aos crimes de declarando que a luta contra o terrorismo deve continuar.

“ Este combate é o combate de toda a república, para além de tudo, e para além daquilo que pode separar-nos em certos momentos. Estamos unidos em torno desta mesma causa, não podemos deixar um de nós ficar exposto à vontade dos terroristas. Temos de continuar o combate sem tréguas, é o nosso e o da republica”.

Entrevistada esta manhã pela Euronews, a presidente de Frente Nacional, Marine Le Pen, não tem dúvidas que este acto irá ter um impacto positivo na sociedade francesa.

“Vai ter um impacto positivo sobre a união nacional dos franceses muçulmanos, cristãos, judeus, para lutar contra o fundamentalismo, para lutar contras essas reinvindicações politico-religiosas de um islão radical que nunca deviamos ter deixado instalar no nosso território.