Última hora

Realizador James Cameron viaja ao ponto mais profundo dos oceanos

Realizador James Cameron viaja ao ponto mais profundo dos oceanos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

James Cameron tornou-se no primeiro homem a descer sozinho ao ponto mais profundo dos oceanos.

Num submersível especialmente concebido para o efeito, o realizador de “Avatar” e “Titanic” chegou a quase 11 mil metros de profundidade na fossa das Marianas, no Oceano Pacífico, a sul da ilha de Guam.

O realizador norte-americano explica que é “um longo caminho nas profundezas, passando os pontos onde se afundou o Titanic, o Bismarck, ultrapassando a profundidade máxima a que podem chegar os submarinos [russos] Mir e depois ainda falta metade ou um terço do caminho… É uma loucura”.

A expedição, coordenada pela National Geographic, tinha um objetivo científico e exigiu oito anos de preparação. A única viagem tripulada ao fundo das Marianas aconteceu em 1960, com o batíscafo Trieste, que transportava o tenente da Marinha norte-americana Don Walsh e o explorador suíço Jacques Piccard.

O interesse de Cameron pelas profundezas não é novidade. Um dos mais emblemáticos filmes do realizador, “O Abismo”, relata a aventura de um grupo de cientistas que descobre vida extraterrestre no fundo dos oceanos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.