Última hora

Última hora

Violência marca primeiras horas da greve geral em Espanha

Em leitura:

Violência marca primeiras horas da greve geral em Espanha

Violência marca primeiras horas da greve geral em Espanha
Tamanho do texto Aa Aa

Começou cedo em Madrid e com alguma violência a primeira greve geral da era Rajoy.

O protesto convocado pelas principais centrais sindicais contra a polémica reforma laboral aprovada pelo Governo arrancou com confrontos.

Cinquenta e oito pessoas foram detidas e oito ficaram feridas nos confrontos à saida de grandes pontos da rede de transportes.

Piquetes informativos estão instalados desde as 00:00 em vários pontos do país, uma greve que não vai resolver os problemas mas cria pressão para falar dos problemas como diz este sindicalista.

E as razões para a greve são muitas refere este manifestante. A negociação dos serviços mínimos foi um dos aspetos de maior tensão nos dias antes da greve.

A falta de acordo em algumas comunidades autónomas, sobretudo no setor dos transportes, deverá criar algum condicionamento.