A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cativeiro chega ao fim para 10 reféns das FARC

Cativeiro chega ao fim para 10 reféns das FARC
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foram libertados os últimos polícias e militares prisioneiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

No total, 10 reféns viram terminar um pesadelo com mais de uma década.

Os homens – quatro militares e seis polícias – foram resgatados por uma missão humanitária da Cruz Vermelha e transportados de helicóptero para o aeroporto de Villavicencio, a uma centena de quilómetros de Bogotá.

O chefe de Estado Colombiano já se congratulou com a libertação dos prisioneiros e com a promessa das FARC de que não voltariam a raptar pessoas. Um gesto saudado por Juan Santos.

Os reféns, entretanto, libertados passaram entre 12 a 14 anos em cativeiro.

De acordo com associações colombianas, centenas de pessoas continuam nas mãos da guerrilha.