Última hora

Contagem descrescente para lançamento de míssil norte-coreano

Contagem descrescente para lançamento de míssil norte-coreano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Indiferente aos apelos internacionais, a Coreia do Norte prepara-se para lançar, dentro de dias, um míssil de longo alcance.

Pyongyang diz que o objetivo é colocar em órbita um satélite. Seul e Washington falam de um teste de um míssil balístico.

O lançamento ocorre um mês depois de Pyongyang se ter comprometido a congelar o programa nuclear e os testes balísticos em troca de ajuda alimentar.

A Coreia do Sul considera tratar-se de uma provocação e garante estar pronta, se necessário, a responder.

Um porta-voz do ministro da Defesa explica que Seul está a monitorizar a situação e a tentar compreender se o lançamento constitui uma ameaça à paz e estabilidade da península coreana e norte da Ásia.

O Japão já fez saber que os militares nipónicos têm ordens para destruir o míssil norte-coreano, caso se desvie da trajetória.

Em Tóquio e, em algumas, ilhas mais a sul foram entretanto colocados sistemas de defesa antimíssil.

Na costa noroeste, estão já posicionados três navios de guerra japoneses e norte-americanos que contam com o apoio, por ar, de caças F-15.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.