Última hora

Cameron promete apoio a Suu Kyi

Cameron promete apoio a Suu Kyi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro britânico encontrou-se, esta sexta-feira com a Nobel da Paz Aung San Suu Kyi.

Em visita oficial ao Myanmar, antiga Birmânia, David Cameron, garantiu que o Reino Unido vai apoiar o país a concretizar as reformas políticas a que se propôs, rumo à democracia.

O primeiro-ministro britânico ressalvou que apesar dos esforços, não é provável que todas as sanções da União Europeia ao país sejam levantadas, em conjunto.

Na residência onde Suu Kyi passou 15 anos em prisão domiciliária, David Cameron prometeu apoio.

“O Myanmar não deveria ser tão pobre como é, não deveria ter sofrido sob uma ditadura durante tanto tempo. As coisas não têm que ser assim. Há uma perspetiva real de mudança. Estou muito empenhado em trabalhar consigo e ajudá-la a garantir que o seu país realize essas mudanças,” garantiu Cameron.

Horas antes, o primeiro-ministro britânico encontrou-se com o presidente do Myanmar, Thein Sein.

David Cameron é o primeiro chefe de estado ocidental a visitar a antiga Birmânia após o golpe militar de 1962.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.