Última hora
This content is not available in your region

Novas acusações inflamam tensão entre os dois Sudões

Novas acusações inflamam tensão entre os dois Sudões
Tamanho do texto Aa Aa

A tensão permanece ao longo da fronteira entre os dois sudões depois de um fim-de-semana marcado por novos relatos de ataques militares.

O Sudão do Sul acusou as tropas do país vizinho de terem penetrado no território, no domingo, para atacarem várias povoações e instalações petrolíferas.

As alegadas ações ocorrem depois do exército sul sudanês ter retirado das instalações petrolíferas de Heglig, ocupadas no início do mês, naquele que é o episódio mais violento desde a declaração de independência do país, em julho do ano passado.

Em jogo está o processo de paz que pôs fim a décadas de conflito no território. Segundo testemunhas, uma igreja católica em Cartum teria sido atacada durante o fim de semana como represália contra a comunidade sul sudanesa que vive no território vizinho.

Ontem, a União Africana apelou os dois campos a porem fim ao que considerou ser um “conflito sem sentido” em torno da demarcação da linha de fronteira e da partilha dos recursos petrolíferos da região.