Última hora
This content is not available in your region

Cinco anos depois, Maddy McCann pode estar viva

Cinco anos depois, Maddy McCann pode estar viva
Tamanho do texto Aa Aa

Madeleine McCann poderá estar viva, é a convicção da Scotland Yard, que fez uma simulação da aparência que a menina terá, agora com 9 anos. Uma fotografia envelhecida por computador, feita pela polícia britânica, que acredita ter novas pistas a explorar e pediu às autoridades portuguesas que reabram o processo da pequena Maddy, desaparecida há 5 anos, no Algarve.

“Se hoje estamos aqui é, concretamente, para fazer um apelo a informações sobre a eventualidade de ela estar vivar. Assim, gostava de pedir ao público que – depois de observar atentamente esta foto, se alguém souber onde está Madeleine McCann ou se alguém tiver informações sobre o que lhe aconteceu – por favor, nos contacte.”, foi o apelo do inspetor da Scotland Yard, Andy Redwood.

Faz no dia 3 de maio cinco anos que a menina desapareceu, quando a família estava de férias na Praia da Luz, no Algarve. A polícia portuguesa suspeitou que os pais estivessem envolvidos no desaparecimento de Maddy, antes de os ilibar. Os jornais crucificaram-nos, antes de serem obrigados a indemnizá-los.

Hoje, os pais veem uma nova luz ao fundo do túnel, como se preende das palavras de Clarence Mitchell, porta-voz da família McCann: “Para a família, é uma nova esperança. Os pais veem isto como algo positivo, e guardam a esperança e a fé, como têm feito nos últimos cinco anos. Esperam que se chegue a um resultado e que alguém nalgum lado, a reconheça e que ela possa regressar a casa.”

A polícia britânica, que já analisou 25 por cento das cerca de 40 mil pistas, diz agora ter 195 novas oportunidades de investigação. A decisão sobre a reabertura do processo cabe às autoridades portuguesas.