Última hora
This content is not available in your region

Júbilo londrino depois da qualificação do Chelsea

Júbilo londrino depois da qualificação do Chelsea
Tamanho do texto Aa Aa

Para os adeptos do Chelsea, o tempo é de festa. Um empate a duas bolas chegou, para que o clube londrino provocasse a queda do FC Barcelona, em encontro das meias-finais da Liga dos Campeões de Futebol.

Um empate conseguido já durante o tempo de desconto, que deitou por terra as esperanças do Barça e provocou o júbilo do Chelsea, que tinha ganho a primeira mão por um a zero.

Os adeptos não cabem em si de contentamento. Há quem sublinhe o desempenho de Fernando Torres, mais conhecido por El Niño. Um outro refere que os londrinos conseguiram impor-se, apesar da desvantagem numérica, após a expulsão do capitão, Terry. E, claro, não faltaram referências ao ‘penalty’ falhado por Messi, o jogador vedeta do Barça.

Depois do jogo em Barcelona, os londrinos preparam-se agora para a final, a 19 de maio, contra o vencedor do encontro de hoje entre o Real Madrid e o Bayern de Munique.

Será a primeira final da Liga dos Campeões para o Chelsea, desde a que perdeu em 2008 para o Manchester United.

Uma final onde o treinador Di Matteo não poderá contar com Terry, sancionado ontem com um cartão vermelho.