Última hora

Compra de canábis mais difícil na Holanda

Compra de canábis mais difícil na Holanda
Tamanho do texto Aa Aa

A justiça holandesa confirmou: a lei que vai obrigar os clientes a registarem-se nos ‘coffee shops’ antes de poderem comprar canábis é legal. E só os habitantes é que podem inscrever-se.

A medida visa, assim, afastar os clientes estrangeiros, que visitam a Holanda com o objetivo de comprar droga, mas Marc Josemans, o diretor da associação dos ‘coffee shops’ receia consequências globais: “Sinceramente, os únicos que vão ficar a ganhar com as novas regras são as organizações criminosas. O pessoal dos ‘coffee shops’ vai perder o emprego; os clientes serão criminalizados de novo, porque vão ser obrigados a voltar ao circuito ilegal. Perdemos a influência económica, é um suicídio do turismo. Na prática, todos ficam a perder, exceto as organizações criminosas.”

A medida entra em vigor já no dia 1 de maio, nas três províncias do sul; no ano que vem, deverá alargar-se a todo o país.

O governo holandês, que caiu no último fim de semana, previra igualmente proibir a presença destas lojas de venda legal de marijuana a menos de 300 metros das escolas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.