A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Família de Bin Laden deportada para a Arábia Saudita

Família de Bin Laden deportada para a Arábia Saudita
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quase um ano depois da morte de Osama Bin Laden, as três viúvas e 11 filhos do fundador da Al-Qaida foram deportadas do Paquistão para a Arábia Saudita.

A família foi presa quando o exército norte-americano matou Bin Laden, num raid à casa que usava como esconderijo.

As autoridades paquistanesas dizem que as mulheres puderam escolher qual o país de destino. Antes desta deportação, cumpriram um mês de cadeia por entrada ilegal no país e estiveram durante quase um ano retidas numa casa de hóspedes em Islamabad.

Termina assim a especulação sobre o destino da família de Bin Laden, até agora mantido em segredo. O chefe supremo da Al-Qaida foi morto a 2 de maio do ano passado.