A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Samsung bate rivais

Samsung bate rivais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Lucros trimestrais recorde, explosão das vendas, conquista de quota de mercado…os ventos sopram de feição à Samsung que esmaga os rivais, a começar pela Nokia. A empresa finlandesa perdeu para a sul-coreana o título de maior fabricante mundial de telemóveis que detinha há 14 anos.

No primeiro trimestre, a Samsung vendeu mais de 20 mil “smartphones” Galaxy por hora. No total, foram 93,5 milhões de telemóveis (incluindo mais de 444 milhões de “smartphones) em todo o mundo, o que lhe permite superar de novo a Apple.

Um dirigente da Samsung defende: “Apesar da desaceleração económica mundial e da fraca procura sazonal, conseguimos receitas e lucros sólidos graças aos nossos produtos diferenciados e à liderança tecnológica”

A empresa sul-coreana é também uma das poucas com lucros no mercado das televisões e tornou a diversificação um dos seus pontos fortes.

Em termos de resultados, a Samsung registou, no primeiro trimestre, um lucro recorde de mais de 5 biliões de won, ou seja, 3,9 mil milhões de euros. E espera que seja apenas o início, com o lançamento do novo Galaxy S previsto para a próxima semana.