Última hora
This content is not available in your region

Morales nacionaliza filial da Rede Elétrica Espanhola

Morales nacionaliza filial da Rede Elétrica Espanhola
Tamanho do texto Aa Aa

Evo Morales anunciou a nacionalização da Transportadora de Eletricidade, filial da Rede Elétrica Espanhola na Bolívia.

O anúncio da expropriação das ações da empresa controlada pelo grupo espanhol foi feito numa cerimónia pública no palácio presidencial em La Paz.

O presidente boliviano sublinhou que “a política do governo é dirigida para a recuperação do controlo, administração e direção das empresas estratégicas, entre as quais se encontra a Transportadora de Eletricidade”. Morales pretendeu ainda “clarificar a opinião pública, nacional e internacional”, frisando que “a empresa era antes [boliviana] e o que era [boliviano], está agora a ser nacionalizado”.

O chefe de Estado ordenou às forças armadas para “assumirem o controlo” das instalações da empresa, que detém 73 por cento das linhas elétricas da Bolívia.

O grupo espanhol, detentor de 99,94 por cento da empresa, lamentou a decisão do governo boliviano e garantiu que vai exigir uma compensação adequada.

Desde a chegada ao poder, em 2006, Morales já usou várias vezes a data do primeiro de Maio para nacionalizar várias companhias elétricas, petrolíferas e metalúrgicas.