Última hora

Renault-Nissan assume controlo do fabricante russo do Lada

Renault-Nissan assume controlo do fabricante russo do Lada
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Renault-Nissan vai assumir o controlo da russa AvtoVAZ. O grupo franco-japonês vai investir 570 milhões de euros. No final, vai controlar quase três quartos do capital do maior fabricante automóvel russo, construtor da famosa marca Lada, contra os atuais 25 por cento.

O acordo só estará concluído em 2014 com a Renault-Nissan de olhos postos no mercado russo. Segundo o presidente do grupo, Carlos Ghosn, “a Rússia é um mercado muito promissor porque é um país rico. Há uma classe média emergente que é muito forte. Algumas estatísticas mostram que mais de dez milhões de russos têm um salário anual igual ou superior a 50 mil dólares e isso é visível no crescente mercado automóvel”.

Será na fábrica russa de Togliati que a parceria vai concretizar-se com a produção dos primeiros veículos, incluindo alguns modelos do famoso Lada.

O fabricante russo, salvo da falência em 2008, tem visto as vendas cair. Em parte devido ao fim do programa governamental de apoio à troca de veículos e a má imagem que goza o Lada, símbolo da época soviética, junto dos jovens.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.