Última hora

Mais seis dezenas de vítimas no norte da Nigéria

Mais seis dezenas de vítimas no norte da Nigéria
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O conflito no norte da Nigéria fez mais de sessenta mortos, nos últimos dias.

Grupos de homens armados, suspeitos de pertencerem à seita radical islamita, Boko Haram, atacaram diversas aldeias no estado de Job, deitando fogo a casas e igrejas.

Só na noite de quarta para quinta-feira 34 pessoas foram mortas, num ataque com explosivos e armas de fogo, num mercado de gado da região.

Segundo a polícia, a forma como os ataques ocorreram não deixa dúvidas sobre a identidade dos atacantes.

A seita islamita Boko Haram quer instaurar um califado no norte da Nigéria, uma região de maioria muçulmana.

O movimento de insurreição contra o governo central começou em 2009. A Boko Haram é acusada da morte de centenas de pessoas nos últimos três anos. Os alvos são normalmente as populações cristãs da região.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.