Última hora
This content is not available in your region

Moscovo ameaças destruir sistema de defesa antimísseis na Europa.

Moscovo ameaças destruir sistema de defesa antimísseis na Europa.
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia está preparada para usar “força destrutiva preventiva” se os Estados Unidos forem adiante com o controverso plano de sistema de defesa antimísseis na Europa.

O alerta foi feito depois de o ministro da Defesa russo ter declarado que o diálogo estava perto de chegar a um impasse”.

Afirmações reforçadas pelo chefe do Estado-Maior Conjunto russo, o general Nikolai Makarov.

“Se o escudo antimíssil na Europa for construído, a Rússia responderá colocando ogivas mais potentes em seus próprios mísseis balísticos. A decisão de usar força destrutiva preventivamente será tomada se a situação piorar”.

Moscovo teme que os interceptores de mísseis signifiquem uma ameaça à segurança do país.

O vice-secretário-geral da NATO, general Alexander Vershbow, desdramatiza e explica que o receio da Rússia é “baseado em suposições erradas”.

Estados Unidos e Aliança Atlantica garantem que a intenção é proteger de eventuais ataques vindos do Irão ou mesmo da Coreia do Norte.

Os dois dias de diálogo entre Rússia, EUA e a Nato começaram esta quinta-feira em Moscovo e os parceiros de ocidentais mantém a esperança de um acordo..