A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Franceses começam a votar

Franceses começam a votar
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os franceses do Canadá e dos Estados Unidos já escolheram o homem que querem ver no Eliseu.

O frente-a-frente entre François Hollande e Nicolas Sarkozy está marcado para este domingo, na segunda volta das presidenciais francesas.

Um escrutínio que vai ser seguido de perto pelos investidores. A eventual vitória do candidato socialista, como preveem as sondagens, promete agitar os mercados no início da semana.

Hollande defende mais crescimento e menos austeridade. Uma posição que vai obrigar a um reajustamento no eixo franco-alemão. E se os alemães pudessem votar, Sarkozy seria reconduzido no cargo. Pelo menos é o que diz uma sondagem publicada no jornal Die Welt.

Em França, o candidato da UMP espera capitalizar os votos da extrema-direita que na primeira volta conseguiu cerca de 18 por cento dos sufrágios.

Sarkozy adotou várias propostas de Marine Le Pen, líder da Frente Nacional, em matéria de segurança e de imigração, resta saber se foram convincentes.