Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Grécia não deverá conseguir evitar novas eleições

Grécia não deverá conseguir evitar novas eleições
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Num clima de ceticismo, o presidente grego retoma hoje as negociações para levar os partidos a um entendimento e evitar assim a convocação de novas eleições.

O líder do partido de esquerda Syriza, Alexis Tsipras, rejeitou as propostas do presidente e voltou a afirmar que o seu partido não pode apoiar qualquer governo de coaligação que dê apoio às medidas de austeridade.

Nas ruas o ceticismo aumenta sobre a possibilidade de um acordo, este grego diz que está à espera de eleições e que a europa deve parar de dar dinheiro e comida aos gregos.

“Seria melhor que eles não se entendessem, é melhor que seja um partido a assumir a responsabilidade para que possamos parar este jogo”.

“Ninguém sabe se eles são capazes de governar, mesmo se a situação mudar numa próxima eleição”.

A popularidade do Syriza, que ficou em segundo nas eleições, atrás do Nova Democracia, continua a crescer.

Segundo os analistas, a convocação de uma nova eleição poderia levar o Syriza ao poder, criando uma coligação contra a ajuda económica da União Europeia e do FMI e colocando em risco a permanência da Grécia na zona do euro.