Última hora

ONU revela que Ruanda pode estar a apoiar rebeldes no Congo

ONU revela que Ruanda pode estar a apoiar rebeldes no Congo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um relatório da ONU revela que cidadãos do Ruanda estão a ser recrutados e treinados para combater ao lado dos rebeldes na República Democrática do Congo.
A notícia é avançada pela BBC, que teve acesso ao documento. Os responsáveis da ONU na zona entrevistaram alguns destes combatentes, que conseguiram fugir e que garantiram que foram recrutados para se juntar ao exército do ruandês, mas acabaram por ser enviados para o Congo. As autoridades do Ruanda já negaram estas acusações.

Os confrontos no leste da República Democrática do Congo, no Norte-Kivu, começaram em Abril. De um lado está o exército Nacional, do outro está o chamado Movimento 23 de Março. Deste grupo fazem parte elementos do antigo movimento rebelde tutsi congolês, que em 2009 assinou um acordo de paz, em Kinshasa, com as autoridades nacionais.

Agora liderados pelo general Bosco Ntaganda, os guerrilheiros voltam aos confrontos que já provocaram dezenas de mortos e obrigaram centenas de pessoas a abandonar a região.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.