Última hora
This content is not available in your region

Canadiano suspeito de assassínio macabro preso em Berlim

Canadiano suspeito de assassínio macabro preso em Berlim
Tamanho do texto Aa Aa

Kadir Anlayisli

A polícia alemã prendeu o ator pornográfico canadiano suspeito de ter morto, esquartejado e comido partes de outro homem, em Montreal.

Luka Rocco Magnotta foi detido em Berlim, num cibercafé ao início da tarde desta segunda-feira.
As imagens das camaras de segurança do estabelecimento mostram Magnotta a entrar e a ser levado depois pelas autoridades, sem oferecer resistência.
De acordo com o proprietário do estabelecimento,
um funcionário reconheceu-o porque tinha acabado de ler uma notícia sobre o caso.
Kadir Anlayisli explica que “o suspeito estava a pesquisar sobre ele próprio, numa página francesa ou no youtube, uma entrevista da polícia francesa. Tentei perceber o que estava a fazer e dei conta que estava a tentar imprimir um bilhete de identidade, estava num site especializado nestes cartões.”

O ator de 29 anos era procurado pela Interpol por ser o principal suspeito da morte de Jun Lin, um estudante chinês que vivia em Montreal e com quem teria uma relação.
Depois do homicídio, o corpo de Jun Lin foi cortado em pedaços e enviado pelo correio para várias instituições públicas

O resto do corpo foi encontrado numa mala no exterior da casa de Luka Rocco Magnotta, em Montreal, na passada terça-feira.
Este crime, com contornos macabros terá sido cometido a 24 ou 25 de maio e foi registado em vídeo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.