Última hora

Espanha: Queda dececionante do desemprego em em maio

Espanha: Queda dececionante do desemprego em em maio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Espanha registou, em maio, uma ligeira descida da taxa de desemprego, mas os números desiludem tendo em conta a aproximação da época balnear.

No mês passado, 30 mil pessoas encontraram um emprego, mas é menos de metade do número registado há um ano. Entre os jovens a taxa recuou 2%, rondando agora os 50%. Mas Espanha têm ainda 4,7 milhões de desempregados, a maior taxa da zona euro.

A fraqueza do mercado laboral é a prova da recessão económica, o que complica a já difícil missão do governo.

O primeiro-ministro, Mariano Rajoy, juntou-se ao grupo de países europeus a favor de uma união fiscal e de uma “união bancária”.

Face às dificuldades do setor bancário, Madrid estará a tentar obter dinheiro europeu para recapitalizar os bancos, mas a Alemanha recusa.

Mas para conhecer quanto dinheiro vai precisar realmente, Espanha encarregou as quatro maiores empresas de auditoria para testar o sistema bancário do país.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.