Última hora
This content is not available in your region

Sismos em Itália têm efeito limitado no turismo

Sismos em Itália têm efeito limitado no turismo
Tamanho do texto Aa Aa

A região costeira da Emilia Romagna vive muito ligada ao turismo e esta vaga de sismos vem criar alguma preocupação no setor.

No entanto, as consequências são, para já, limitadas, segundo disse à euronews a presidente da associação hoteleira de Rímini, Patrizia Rinaldis:

“O sismo verificou-se a 25 quilómetros de profundidade e foi atenuado pelo mar e pela areia, por isso não houve qualquer dano. Aumentam as preocupações de quem está, neste momento, a escolher um destino turístico para as férias.

As novas estruturas são todas antissísmicas. Quanto às estruturas mais antigas, não conheço os parâmetros, mas são edifícios bastante baixos, a média é de 30 ou 40 camas. Não há desistências preocupantes e esse é o dado positivo, mas há uma diminuição das reservas, que provavelmente vai continuar a verificar-se durante toda a estação.

É uma espécie de efeito dominó que vem juntar-se à crise, que já é uma grande preocupação. O que está a fazer mais danos é o terrorismo mediático.

A base da nossa economia é o turismo, por isso temos alguma preocupação com este efeito dominó”.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.