Última hora
This content is not available in your region

Gregos votam em eleições cruciais para a zona euro

Gregos votam em eleições cruciais para a zona euro
Tamanho do texto Aa Aa

Hoje é um dia decisivo para a Grécia e para a zona euro. Os eleitores helénicos regressam às urnas este domingo depois das legislativas de 6 de maio terem resultado num parlamento fragmentado que não deu a nenhuma força política condições para formar governo. Mas o cenário ameaça repetir-se.

Antonis Samaris, o dirigente dos conservadores da Nova Democracia pode ser incapaz de formar um governo favorável ao memorando de entendimento com a troika se vencer as eleições. Do lado oposto da barricada encontra-se Alexis Tsipras, líder da coligação da esquerda radical. O chefe do Syriza pretende renegociar os termos do resgate financeiro da Grécia embora afirme que quer manter o país na zona euro. As últimas sondagens apontavam para um empate.

A pressão dos dirigentes europeus tem feito sentir-se nas últimas horas. A vitória da esquerda radical não é desejada embora todos afirmem que a vontade do povo grego tem de ser respeitada. Os mercados financeiros aguardam, ansiosos, o resultado das eleições na Grécia.