Última hora
This content is not available in your region

Justiça russa prolonga detenção do grupo punk "Pussy Riot"

Justiça russa prolonga detenção do grupo punk "Pussy Riot"
Tamanho do texto Aa Aa

Uma heresia para a igreja ortodoxa e um crime sem perdão para a justiça russa, que decidiu prolongar pelo quinto mês a detenção do grupo de punk contestatário “Pussy Riot”.

As três cantoras da formação tinham irrompido, em fevereiro, na Catedral de Moscovo, para denunciar a proximidade entre a igreja ortodoxa e o atual presidente Vladimir Putin, com uma performance baptizada “Maria mãe de Deus, livra-nos de Putin”.