Última hora
This content is not available in your region

Despedimentos maciços na Air France para manter competitividade

Despedimentos maciços na Air France para manter competitividade
Tamanho do texto Aa Aa

Em dois anos, a Air France vai despedir mais de cinco mil trabalhadores. O plano de reestruturação da transportadora aérea, desenhado para o reforço urgente da competitividade, foi revelado esta quinta-feira.

Os responsáveis do grupo evitam falar em despedimentos coletivos; salientam antes que a maior parte destes funcionários será incitada à reforma antecipada, à saída voluntária ou mesmo à atividade em tempo parcial.

A medida, a entrar em vigor já este ano, foi acompanhada por previsões de aumento de liquidez e de redução global de perdas.

Segundo a Air France-KLM, os custos operacionais vão ser cortados em 2 mil milhões de euros, colmatando assim as oscilações no preço dos combustíveis e a dinâmica da concorrência.

Agora a aposta declarada do grupo é a diversificação de ofertas na primeira classe.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.