Última hora
This content is not available in your region

Chipre pede resgate europeu para superar crise bancária

Chipre pede resgate europeu para superar crise bancária
Tamanho do texto Aa Aa

O Chipre não resiste ao contágio da vizinha Grécia. O país apresentou hoje um pedido oficial de resgate a Bruxelas para lidar com a crise bancária que afeta o país.

Uma decisão tomada após as agências de notação internacionais terem reavaliado a dívida cipriota para o nível de “lixo” face à situação dos bancos nacionais.

Segundo as agências, Nicosia necessitará de cerca de 4 mil milhões de euros para recapitalizar a banca, afetada pela crise que atinge a Grécia.

Fontes em Bruxelas afirmam que, ao contrário de Espanha, o Chipre, que assume a presidência da UE no próximo semestre, deverá ter de pedir um plano de resgate “completo” sob supervisão da troika, similar ao de Portugal, Irlanda e Grécia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.