Última hora

UE endurece sanções contra Síria e condena abate de avião turco

UE endurece sanções contra Síria e condena abate de avião turco
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia impôs mais sanções à Síria, acrescentando novos nomes à lista de congelamento de bens e proibição de viajar.

Também alargou o embargo de armas em vigor, num pacote aprovado, no Luxemburgo, pelos ministros dos Negócios Estrangeiros. A chefe da diplomacia europeia mencionou, ainda, o abate de um caça turco e exigiu mais ação das Nações Unidas.

“Temos de continuar a aumentar a pressão sobre o regime sírio e queremos ver um posição unida do Conselho de Segurança da ONU, incluindo sanções abrangentes. Condenamos o inaceitável ataque ao avião militar turco feito pela Síria na sexta-feira”, disse Cathrine Ashton, Alta Representante para Relações Exteriores e Política de Segurança da UE.

Bruxelas comentou o incidente, mas caberá à NATO discutir a resposta ao mesmo, já que a Turquia é membro dessa organização.

A NATO convocou uma reunião para esta terça-feira, a fim de analisar o risco de alastramento da crise síria aos países vizinhos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.