Última hora

Justiça espanhola investiga ex-administradores do Bankia

Justiça espanhola investiga ex-administradores do Bankia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Audiência Nacional espanhola abriu um processo de fraude contra a antiga administração do Bankia. A queixa foi apresentada pelo partido União progresso e Democracia (UPyD) e cita diretamente o ex-presidente da entidade, Rodrigo Rato, entre outros responsáveis.
A Audiência Nacional tomou a decisão depois da Procuradoria Anticorrupção de Espanha ter apresentado um texto a favor da queixa do UPyD. Já em junho, um grupo de elementos ligados ao “movimento 15M” entregou na justiça um processo contra Rodrigo Rato e os restantes elementos da direção da Bankia: acusam o ex-presidente de ter adulterado o processo de cotização em bolsa do Bankia em 2010. Na altura, as ações do banco valiam 3,75 euros e atualmente estão cotadas a 1,0 euro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.